5 dicas de gestão financeira para bares e restaurantes

postado em: Gestão | 0

Apesar de vivermos em um cenário de crise, é possível que pequenos e médios empresários possam colher bons frutos em suas administrações. No setor de alimentação fora de casa, a boa gestão financeira para restaurantes e bares tem importância fundamental para isso.

Neste texto, serão pontuadas 6 ações a serem tomadas para que este objetivo seja atingido.

1. Faça um fluxo de caixa

Fluxo de caixa é a ferramenta utilizada para acompanhar e administrar as entradas e saídas financeiras que ocorrem em um estabelecimento, durante um determinado período de tempo.

Controle todas as atividades financeiras realizadas, não importando valor ou data. Crie divisões, tais como tipo e origem, para os dados. Dessa forma, evita-se o acúmulo de despesas ou ganhos diferentes em uma mesma categoria.

2. Reduza custos

Todo empresário tem como objetivo maximizar os lucros e reduzir os custos. Para tal, é preciso ser criativo para diminuir as despesas sem alterar a qualidade do serviço prestado.

Fique atento aos gastos com água, luz e gás. Procure por novas tecnologias de consumo consciente que possam diminuir suas despesas. Negocie com os fornecedores novas possibilidades de compra e formas de pagamento. Identifique gastos desnecessários e otimize seus investimentos!

3. Controle seu estoque

O dinheiro não é a única grandeza a ter sua movimentação controlada. Uma boa gestão dos produtos em estoque também é crucial para o sucesso de qualquer empresa do ramo alimentício. A maioria dos produtos com que se trabalha nessa área possui um prazo de validade e este sempre deve ser respeitado.

Logo, organize os produtos de acordo com este prazo para que nunca se use um produto antes de outro que está para expirar. Ao aplicar tal medida, diminui-se o desperdício e otimiza-se o uso dos insumos de seu estabelecimento.

4. Crie metas

Com os dados do fluxo de caixa e de estoque atualizados, estabeleça metas de curto e longo prazo. É de extrema importância que todo o desenvolvimento a ser realizado seja moldado e guiado com um objetivo em comum.

Não se preocupe caso alguma meta não seja atingida. Nesse momento, cabe a você, empresário, analisar os erros e acertos existentes a fim de melhorar a evolução dos processos do estabelecimento. Não tenha medo de fazer autocrítica, pois só assim os resultados aparecerão.

5. Procure por boas oportunidades de crédito

Começou a ter resultados positivos na sua gestão financeira e pretende reformar o ambiente, melhorar o cardápio ou até mesmo pagar uma dívida inesperada? Talvez esse seja o momento de procurar uma linha de crédito. Veja abaixo algumas dicas:

Identifique seu objetivo

Passo inicial e primordial do processo. Nessa hora, deve-se decidir qual será o uso do dinheiro a ser solicitado. Nunca o perca de vista!

Faça uma pesquisa por opções

Antes de fechar qualquer negócio, encontre a agência financeira ou banco que resolva o seu problema da melhor maneira possível. Procure na concorrência, leia o contrato e negocie com o contratante.

Nunca se esqueça de esgotar todas as possibilidades antes de concluir o empréstimo. Lembre-se que uma negociação mal feita pode trazer prejuízos a curto e longo prazo.

Planeje como pagar

O ponto crucial de todo o investimento. Nunca faça uma dívida que você não conseguirá honrar. Não deixe que os pagamentos onerem demais seu orçamento. Antes de aceitar qualquer amortização da dívida, estude todos os custos relacionados, como juros e impostos. Todo cuidado é pouco para não cair em armadilhas financeiras.

6. Peça a opinião do cliente

A máxima “o cliente sempre tem razão” é válida e precisa ser levada a sério. Crie ferramentas e canais de comunicação entre o cliente e o seu estabelecimento, por meio redes sociais, e-mails ou caixa de recados em algum local de seu restaurante.

As críticas, positivas ou negativas, têm um papel fundamental no crescimento e no desenvolvimento de sua empresa. Vale lembrar que um cliente satisfeito sempre recomenda e retorna em futuras oportunidades, portanto, fique atento a todos os comentários!

E então, gostou das dicas para uma boa gestão financeira para restaurantes e bares? Curta a nossa página no Facebook para acompanhar mais artigos como esse!

 

>>> Sua empresa negócio de Capital de Giro? A BizCapital tem a solução! Solicite uma oferta aqui!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *