09 nov 2020

Como lidar com a redução de receita na minha empresa durante a pandemia?

Como lidar com a redução de receita na minha empresa durante a pandemia?

A crise afetou e muito a rotina dos brasileiros. Como se não bastasse o risco pessoal de cada empreendedor, de seus familiares, seus amigos e seus funcionários, a pandemia exigiu de todos os empresários estratégias inovadoras para reduzir os custos e manter as atividades em meio ao caos instaurado nos quatro cantos do mundo. Assim, além de todas as dificuldades, lidar da melhor maneira possível com a redução de receita causada pela pandemia e seguir em frente.

Por isso, nunca foi tão importante exercer o planejamento financeiro empresarial, com uma verdadeira capacidade de gestão financeira. A crise não passou ilesa por praticamente nenhum negócio, principalmente aquelas que não detinham seu faturamento com as vendas que utilizavam a internet.

Mesmo essa situação atingindo boa parte das empresas brasileiras, medidas precisaram ser tomadas para evitar a perda de lucratividade. Obviamente, nunca existiu uma receita mágica ou um caminho pronto. No entanto, separamos neste artigo algumas alternativas para manter o seu negócio funcionando dentro de um cenário de crise.

Planejamento estratégico ideal para a redução de receita e os impactos financeiros

O mundo não havia se preparado para todos os efeitos causados por uma pandemia que chegou de surpresa. No Brasil, o hábito de poupar e se programar para o enfrentamento de crises não é comum. Além dos hábitos pouco saudáveis de saúde financeira e planejamento estratégico, o alto custo de manutenção de uma empresa com a alta carga tributária, de logística e custos básicos impede o planejamento financeiro dos pequenos empreendedores.

Sem deixar de lado toda a questão da saúde pública que é igual para todos, economicamente falando é preciso se reinventar para produzir renda, mesmo com a redução de receita. Uma missão dificílima, mas possível para quem tem um olhar criativo para tudo, principalmente em tempos de crise. Para ajudar você, empresário, nessa questão, listamos algumas dicas valiosas que podem ser aplicadas, independentemente dos seus ramos de atuação. Confira!

1) Faça uma projeção do fluxo de caixa (antecipar os danos)

A pandemia chegou e a crise se instaurou, isso é inegável para uma série de segmentos empresariais. Por isso, prevenir já não é mais a melhor estratégia. Agora, é preciso projetar o seu fluxo de caixa até aqui e evitar o impacto negativo da redução de receita. Se você está com o caixa negativo, pode ser necessário medidas mais drásticas; uma delas, como por exemplo, pode ser o refinanciamento  de veículo ou outras linhas de crédito para empresas.

2) Levante todas as receitas e despesas

O segundo passo sugerido para sair da crise provocada pela pandemia é colocar na ponta do lápis todas as receitas e despesas da sua empresa. Salários, toda a questão tributária e fiscal, despesas de manutenção e todas as outras que fazem parte da sua rotina empresarial. Trabalhe de modo que a sua receita esteja de acordo com a sua atual receita. Inevitavelmente, os custos não essenciais devem ser cortados.

Além disso, durante esse período atípico, todas as pessoas foram afetadas financeiramente. Até aqueles poucos empresários que aumentaram seu faturamento podem ser bons parceiros para negociar. Por isso, vale a pena negociar com seus fornecedores, já que eles provavelmente também estão na mesma situação. Se possível, renegocie com uma boa conversa as despesas com seus fornecedores.

3) Preste atenção nas medidas de apoio do governo

Se ainda houver tempo hábil, analise todas as medidas de apoio liberadas pelo governo. A questão salarial e fiscal foi relativizada e muitos empresários já se beneficiaram delas. Consulte o seu contador e veja o que ainda está disponível.

4) Evite demissões e pense no bem-estar do funcionário

O bem-estar dos funcionários é uma preocupação que deve ser considerada para o sucesso das empresas. Além disso, o seu funcionário é diretamente responsável pela produtividade do seu negócio. Por isso, criar um bom ambiente de trabalho, principalmente nos períodos difíceis, é fundamental.

5) Trabalhe a comunicação com o cliente

Ouvir as necessidades do cliente nunca foi tão importante quanto agora. Por isso, não se esqueça de que o bom atendimento ao cliente é o principal gerador de marketing espontâneo. Por isso, a boa comunicação no relacionamento com o cliente é tão importante. Isso significa que você deve informá-lo de todas as suas boas práticas, produtos e serviços atualizados.

6) Diversifique os canais de vendas

A recuperação da empresa em um cenário durante e também após a pandemia exigirá criatividade para passar por todas as transformações. Com isso, diversas empresas que não utilizavam recursos de delivery, passaram a adotar essa medida para continuar vendendo durante a pandemia de coronavírus.

Além disso, utilizar as redes sociais como Facebook e Instagram, e aplicativos de mensagens como WhatsApp, são boas formas de criar novas fontes de receitas. Sem dúvida, é uma boa solução para criar lucros durante esse período difícil. Além disso, a utilização de todas essas novidades pode contribuir para o crescimento do seu negócio também depois dessa fase.

7) Promoções

Uma excelente forma de lidar com a redução de receitas durante a pandemia é criar promoções. Na verdade, há muito tempo essa solução é utilizada para atrair e fidelizar novos clientes. Por isso, mesmo com a economia menos aquecida, as promoções e descontos significam um verdadeiro incentivo para que o público volte a comprar. Mesmo que não gere o lucro esperado, manter o negócio em atividade manterá seu negócio ativo e ainda reduzirá o seu estoque mais antigo.

Prepare a sua empresa para que se recupere no pós-crise 

Seguindo todas as nossas dicas de gestão financeira e planejamento financeiro empresarial, certamente a sua empresa estará firme e pronta para o crescimento no cenário pós-crise. Lembre-se de efetuar um mapeamento do cenário atual no Brasil e no mundo. Antecipe-se às novas necessidades que surgirão e não tenha medo de inovar.

O planejamento estratégico proporcionará a criação de metas factíveis para iniciar a nova jornada na sua empresa. Lembre-se do que o fez ingressar na área do empreendedorismo e agarre-se a essas razões. Enfrentar as dificuldades certamente o tornará mais forte.

Este texto foi escrito em parceria com o time da empresa Juros Baixos.

Caso o seu negócio precise de soluções financeiras e, principalmente, capital externo para cumprir com objetivos importantes neste pós crise, veja como o empréstimo PJ da BizCapital pode ajudar a sua empresa.

ver tudo sobre: biz convida