21 jun 2017

Como melhorar o crédito da minha empresa nas instituições financeiras

Como melhorar o crédito da minha empresa nas instituições financeiras

De fato, melhorar o crédito da empresa tem se tornado cada vez mais difícil, principalmente por conta do atual cenário econômico do Brasil.

Hoje, em todos os setores a retenção de capital parece ser a nova regra até a situação ser estabilizada. Inclusive, uma pesquisa realizada pelo SEBRAE revelou que apenas 24% dos empresários que buscam algum tipo de empréstimo em Instituições Financeiras obtém sucesso.

Além disso, outro ponto observado por especialistas financeiros é a falta de fornecimento de informações da empresa aos bancos, financeiras e correspondentes bancários no momento da contratação de empréstimos.

Muitas vezes, essas transações não são realizadas por conta da falta de documentação e esclarecimentos, por ambas as partes.

Então, se a sua empresa precisa melhorar o crédito e aumentar as chances de conseguir auxílio das Instituições Financeiras, este artigo pode ajudar a resolver os seus problemas!

Continue lendo para conferir alguns dos critérios observados pelas Instituições Bancárias e Financeiras e o que fazer para melhorar o crédito da empresa.

Os critérios observados pelos Bancos, Financeiras e Fintechs para aumentar o crédito da empresa

Conseguir um empréstimo para empresa não é mesmo uma tarefa muito fácil.

Afinal, não basta ter um CNPJ e estar sem restrições financeiras na conta para conseguir o valor de que você necessita.

Realmente, as Instituições Financeiras estão cada vez mais exigentes, e fazem uma análise criteriosa das empresas antes de liberar crédito a elas.

Vejamos, então, alguns dos critérios que podem ser exigidos ao empresário que busca um empréstimo:

Garantias formais

Grosso modo, trata-se de formas de comprovar que a empresa terá condições de arcar com o pagamento das parcelas assumidas. Dentre essas garantias, estão: capacidade de retorno financeiro do negócio, contratos com clientes, identificação de avalistas, capacidade de produção da empresa e propriedades em nome no CNPJ.

A BizCapital, por exemplo, trabalha com empréstimos sem garantia físicas, mas com o aval dos sócios, o que pode facilitar a aprovação de empresas que não conseguem dispor de garantias como imóveis ou investimentos financeiros.

Histórico de crédito

A maioria das instituições não realiza empréstimos para empresas negativadas no mercado. Geralmente será necessário apresentar um histórico financeiro contendo operações da empresa, incluindo débitos passados e futuros, extratos de contas-correntes, histórico de empréstimos e investimentos, cartão de crédito etc.

Assim, quanto maior responsabilidade financeira a empresa apresentar, maiores serão suas chances de obter o crédito solicitado.

Na BizCapital, consideramos o histórico de crédito fornecido por bureaus reconhecidos no mercado e em operações de crédito já feitas pela empresa.

Plano de negócio

Algumas instituições financeiras também solicitam a apresentação do plano de negócio da empresa.

Trata-se de uma espécie de comprovação de capacidade de pagamento, já que o plano de negócio costuma apresentar características importantes, como o resumo das operações, serviços ou produtos oferecidos pela empresa, plano financeiro, estratégias de marketing e informações sobre todo o funcionamento do negócio.

Na BizCapital, como trabalhamos com pequenas e médias empresas, o Plano de Negócios não é exigido, facilitando o processo de aprovação.

Movimentação de caixa

Para obter um empréstimo empresarial, provavelmente será exigido um documento de registro das movimentações financeiras da empresa, que deverá conter entradas e saídas de valores.

Nesse caso, o objetivo é avaliar se o fluxo de caixa permite o retorno/pagamento do empréstimo desejado.

Na BizCapital a movimentação financeira pode ser comprovada por meio de extratos bancários, por exemplo.

Declarações tributárias

Outra forma de os bancos verificarem se a empresa está, ou não, envolvida com fraudes é pedir o seu histórico tributário, que apresentará toda a relação de declarações tributárias recentes e seus pagamentos.

Nossa análise leva em consideração a saúde tributária da empresa, mas entendemos que cada caso deve ser analisado de forma diferenciada.

6. Exigir franquia de seguro

Por fim, conceder empréstimos às empresas é um investimento de alto custo e risco para os bancos. Logo, como forma de garantir o retorno desses valores, é comum as Instituições exigirem ainda a adesão de uma franquia de seguro empresarial, que garantirá um risco menor de prejuízo.

Na BizCapital não exigimos franquia de seguro e nenhum pagamento antecipado.

Bom, conhecendo os fatores acima, buscar mantê-los adequados aos padrões das Instituições Financeiras pode aumentar, e muito, a capacidade de obtenção de crédito das empresas. Além disso, contudo, há algumas outras dicas que podem ser consideradas.

Outras dicas e cuidados para facilitar a obtenção de créditos e empréstimos

Confira se o CNPJ tem restrições

Como vimos, a importância de ter nome limpo para solicitar ou melhorar o crédito da empresa é prioritária. Portanto, a primeira providência a se tomar antes de buscar formas de empréstimo junto aos bancos e instituições financeiras é verificar se há restrições e protestos no CNPJ da empresa.

Algumas instituições até realizam crédito rápido para empresas com restrições, mas é praticamente uma regra a resposta para esse grupo ser negativa perante uma solicitação de crédito empresarial.

Então, verifique em instituições como Serasa e SPC se existem quaisquer restrições em nome do CNPJ do negócio, além de órgãos jurídicos como cartórios de registro de protestos. Quanto a isso, inclusive, hoje há sistemas informatizados que fornecem tais informações em poucos minutos, bastando apenas ter uma conexão com a internet.

Mantenha um bom histórico financeiro

As Instituições Financeiras verificarão diversas características da empresa antes de avaliar a liberação ou melhora de crédito, e a principal delas é o seu histórico financeiro.

Nesse sentido, uma empresa que apresenta histórico negligente — como atrasos frequentes de pagamentos de parcelas de empréstimo, por exemplo — tem poucas chances de conseguir o empréstimo desejado. Afinal, isso demonstra irresponsabilidade no cumprimento de acordos financeiros passados.

Tenha em mãos todos os documentos necessários

Também é importante que o empresário esteja ciente de todos os documentos necessários para a apresentação nas instituições que solicitar o crédito.

A relação de documentos requeridos pode variar de instituição para instituição mas pode facilmente ser encontrada na página oficial de cada uma.

Então, busque estar com todos os documentos em mãos com antecedência. Além de agilizar a concessão do crédito, essa é uma maneira de demonstrar comprometimento e confiança.

Antes de tudo, pense bem

É essencial ter certeza de que a empresa realmente necessita de crédito. Caso você deixe de pagar o crédito, é provável que não o consiga novamente em qualquer outra Instituição — já que, visando diminuir a inadimplência, os bancos e financeiras compartilham informações e cadastros.

Então, analise bem o seu planejamento financeiro e, acima de tudo, verifique as condições para pagamento.

Procure uma Fintech

Fintechs são empresas da nova economia que estão ocupando espaços ainda não tão bem atendidos pelos Bancos.

Existem Fintechs dos mais diferentes tipos e que oferecem serviços financeiros variados. A BizCapital é uma Fintech de crédito online, que busca agilizar os processos de tomada de crédito de forma totalmente digital e remota.

Considere contratar uma consultoria

Se, ainda assim, o empresário tem dificuldade em entender determinados processos e não se sente confortável em realizar a solicitação de crédito, vale a pena investir em um consultor externo especializado que procederá o serviço de consultoria.

Em uma situação de requerimento de crédito, o melhor a fazer é se mostrar aberto a ouvir sugestões e propostas, transparecer confiança perante as instituições financeiras e trabalhar para encontrar a solução ideal.

Diante disso, esse profissional auxiliará no esclarecimento de dúvidas e nas negociações com os bancos, além de indicar melhores formas de financiamento e até ajudar a escolher uma boa proposta de acordo com a realidade financeira da empresa.

Enfim, vale lembrar que empréstimos são processos que costumam demorar algumas semanas, até mesmo meses, para ser liberados, exigindo diversas análises e requerimentos preenchidos. Logo, ter paciência é fundamental, principalmente se a oferta do banco atingir suas expectativas.

E, tendo em mente que se trata de um processo burocrático, como vimos ate aqui, busque facilitá-lo ao máximo providenciando, com antecedência, tudo o que lhe couber, como é o caso da documentação da empresa.

E aí, gostou deste artigo? Ainda tem dúvidas sobre como melhorar o crédito da empresa, ou se este é o momento exato para buscar socorro com um empréstimo para pagar as dívidas? Então, aproveite para ler também sobre qual é o momento certo para fazer um empréstimo para a empresa!

Agora, se você precisar de crédito para sua empresa e estiver sem tempo para a burocracia dos bancos, conte com a BizCapital.

Peça uma proposta sem compromisso: bizcapital.com.br/direto

Visite nosso site: www.bizcapital.com.br

ver tudo sobre: dicas de gestão