20 abr 2020

Efeitos da Covid-19: últimas notícias sobre a pandemia

Resumo diário (20/04) das principais notícias e informações sobre os efeitos da Covid-19 na economia e nas pequenas e médias empresas no Brasil. #salveopequenonegocio
Efeitos da Covid-19: últimas notícias sobre a pandemia

Estamos entrando nosso primeiro mês com resumos diários sobre notícias e informações mais relevantes a respeito dos efeitos da Covid-19 no Brasil e no mundo. Entendemos que estar bem informado e com as atualizações mais relevantes sobre o tema nos deixa mais preparados para enfrentá-lo de frente. E queremos todos os empreendedores do Brasil juntos nessa luta para sairmos mais fortes. 

Na nossa seção Coronavírus, você encontra tudo o que aconteceu nos últimos tempos e ainda dicas de gestão para esse período conturbado. Nosso objetivo é conseguir reduzir os efeitos negativos da Covid-19 no funcionamento de pequenas empresas e nos reinventar juntos para a nova realidade do mercado. 

Então, vamos juntos? Confira o resumo de hoje (20/04):

Efeitos da Covid-19: perspectiva geral

Em todos os continentes do mundo, o número de casos confirmados já está quase batendo 2,5 milhões e são mais de 164 mil vítimas fatais de complicações da Covid-19. No entanto, a Europa já vive um período de estabilização de novos casos da doença. A Itália, por exemplo, apontou nas últimas 24 horas o menor número de casos ativos, indicador importante para saber se a pandemia está ganhando ou perdendo força, desde o começo da proliferação no país.  (Fonte: Globo)

No Brasil, o mais novo balanço do Ministério da Saúde mostra que a marca de 2.500 mortes pela doença já foi ultrapassada. E, mesmo com a suspeita de que a subnotificação no país seja grande, já existem mais de 40 mil casos confirmados de pessoas infectadas pelo novo Coronavírus. (Fonte: G1) São Paulo, estado mais afetado com quase metade do número de mortes do país, já conta com 59% de adeptos ao isolamento social, mas ainda luta para chegar aos ideais 70%. (Fonte: Estadão)

Ainda em território nacional, o presidente da República, Jair Bolsonaro, gerou um debate sobre intervenção militar e fechamento do congresso e do judiciário, após participar de um protesto a favor dessas práticas em Brasília neste fim de semana. Com a maior parte das regiões brasileiras em isolamento social, a atitude do presidente, não só por suas defesas mas por estar em um ambiente de aglomeração, foi vista por especialistas como um crime de responsabilidade contra a saúde pública. No entanto, Bolsonaro negou apoio à pauta em questão. (Fonte: El País)

Efeitos da Covid-19: economia e empreendedorismo

Em entrevista, realizada pelo BTG Pactual Digital e transmitida pela internet, Paulo Guedes usou um discurso otimista para falar sobre o rumo da economia brasileira na crise. De acordo com o Ministro da Economia, ainda não houve queda nas exportações e o Brasil tem capacidade de reagir aos efeitos negativos da Covid-19 e surpreender o mundo. Ao todo, o Governo vai disponibilizar 700 milhões de reais para preservar empregos e empresas, a ideia é cuidar principalmente de duas ondas: a saúde e a economia. (Fonte: Exame)

Ainda com um olhar otimista sobre o caso brasileiro, Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central, aponta para uma melhoria da economia no quarto semestre ainda deste ano. Embora em um cenário no qual órgão internacionais, como o FMI e o Banco Mundial, façam previsões para um queda brusca da economia, Roberto sinalizou para a incerteza do momento em que vivemos, garantiu que o sistema bancário está sólido e que as medidas para o enfrentamento dos efeitos da Covid-19 estão sendo feitas. (Fonte: Globo)

E você? Está esperando novidades sobre o auxílio emergencial de R$600 para destinado aos trabalhadores informais, desempregados, contribuintes individuais do INSS e MEIs? Acompanhe os últimos acontecimentos desta segunda-feira na matéria do G1.

Como podemos te ajudar mais? 

Para além de uma fintech que oferece empréstimo para empresas, queremos que todo empreendedor que faz parte da nossa história se sinta parte da nossa rede de apoio. Afinal, juntos, formamos a maior rede de empreendedores do Brasil. Queremos sair dessa crise em time e mais fortes. 

Então, conta pra gente, o que nós podemos fazer pelo seu pequeno negócio hoje? 

Por fim, se a sua empresa precisa de crédito e o isolamento social faz com que a distância da sua empresa para o capital necessário para se reerguer nessa crise seja um empecilho, a Biz pode ajudar. 

Oferecemos financiamento empresarial rápido, seguro e online. Seu dinheiro pode estar na sua conta em 24 horas e depende apenas de um clique. O que você está esperando? Pede Biz!

ver tudo sobre: biz na mídia