06 mar 2020

Como as fintechs podem contribuir para a gestão financeira do seu negócio

A jornada de empreender é repleta de desafios. Quem empreende entende como é desafiador fazer a gestão de pessoas, do tempo e a financeira do negócio, ainda mais quando esses recursos são poucos. Uma boa gestão financeira possibilita que não se gaste recursos em ações que possam dar prejuízos para a empresa.
Como as fintechs podem contribuir para a gestão financeira do seu negócio

O dia a dia do pequeno empresário costuma ser muito agitado e corrido, geralmente ele é o responsável pelas principais operações e atividades da empresa, desde a gestão financeira até o marketing, passando pelas vendas. Saber otimizar bem o tempo para não deixar de lado nenhuma atividade da empresa é muito importante para o seu negócio decolar! 

Além da gestão do tempo, outro ponto que merece ser olhado com bastante atenção, é o investimento em aprender sobre gestão. Por exemplo, imagine uma pessoa que vai pilotar um avião sem nunca ter aprendido sobre isso. As chances de dar certo são mínimas. Da mesma forma, para a gestão de um negócio, também é importante que a pessoa tenha os conhecimentos necessários para que possa ter um voo mais tranquilo.

Uma boa gestão financeira é um fator decisivo para o crescimento da empresa. Então, é um ponto que merece muita atenção do empreendedor. Já pensou em como a tecnologia pode te auxiliar nessa tarefa? Tornando tudo mais simples e rápido. É aí que entram as fintechs!

As fintechs são empresas que desenvolvem soluções tecnológicas voltadas para o mercado financeiro. A palavra surgiu com a combinação de duas palavras em Inglês: financial (financeiro) e technology (tecnologia). 

A gestão financeira de pequenos negócios

Um pequeno negócio não consegue, e nem precisa, ter um modelo de gestão idêntico ao de um grande negócio. Enquanto grandes empresas possuem diversas equipes, departamentos e budgets maiores, o pequeno, tem recursos mais escassos e limitados. Então, o desafio do pequeno empreendedor é otimizar esses recursos.

Pensando nesta otimização, podemos sugerir algumas ferramentas de gestão. Os grandes negócios têm acesso e utilizam softwares poderosos que integram toda a empresa, chamados de Enterprise Resource Planning (ERP). Porém, são ferramentas caras e não tão simples de serem usadas, o que, em um primeiro momento, não é viável para os pequenos negócios. Até pouco tempo atrás, o que restava como solução para pequenos empreendedores eram planilhas, folhas de anotações ou em muitos casos, deixar a gestão de lado. O que pode gerar muitos problemas e também ser um obstáculo para o crescimento do negócio!

Porém, com o avanço da tecnologia, começaram a surgir opções de ferramentas de gestão financeira voltadas para pequenos negócios. Com layouts mais amigáveis, preços acessíveis e usabilidade facilitada, temos hoje diversas opções de aplicativos voltados à gestão financeira de pequenos negócios. Soluções como controle financeiro, emissão de notas fiscais, controle de estoque, controle de vendas, orçamento e conciliação bancária passaram a fazer parte da realidade das pequenas empresas de uma forma muito mais prática e acessível.

E a coisa não parou por aí. Neste movimento de evolução da tecnologia, surgiram as fintechs. 

Fintechs: novas soluções financeiras

A partir dessas empresas de tecnologia com inovações e soluções para o mundo das finanças, além das ferramentas de gestão financeira, outras soluções começaram a surgir como ótimas opções para os pequenos empreendedores:

Contas digitais: 

muitos bancos tradicionais cobram tarifas altas para contas empresariais, fazendo com que muitos empreendedores deixem de ter contas jurídicas. O que pode levar a muitos problemas na gestão financeira do negócio. Como alternativas, surgiram as contas digitais, com tarifas mais baixas e, em alguns casos, até isentas de tarifas.

Plataformas de empréstimo online: 

conseguir empréstimo nas instituições financeiras tradicionais pode ser um grande desafio para o pequeno empreendedor. A falta de linhas de crédito voltadas para atender pequenas empresas e altas taxas de juros muitas vezes inviabilizam a operação. As fintechs de crédito, como a BizCapital, surgiram como uma excelente alternativa para conseguir empréstimos com melhores condições e um preço mais justo.

Plataformas de cobrança e recebimento:  

são uma alternativa para a cobrança e recebimento de pagamento de clientes em diferentes formas de pagamento. Como por exemplo, boleto e também cartão. Sendo uma opção que facilita o pequeno empreendedor a realizar a cobrança e acompanhar os pagamentos.

Controle Financeiro pessoal: 

uma das grandes dificuldades que os pequenos empreendedores têm é a de conseguir separar as finanças pessoais das finanças da empresa. Além de ter contas bancárias separadas, uma Pessoa Física e outra Pessoa Jurídica, é super importante ter controles distintos também. Dessa forma, algumas fintechs surgiram como uma opção de fazer um controle das finanças pessoais.

Conclusão

Entre os diversos desafios enfrentados pelos pequenos empreendedores, como ter tempo para realizar a cobrança de clientes, não conseguir linhas de crédito, ter altos custos com tarifas bancárias e não conseguir fazer uma boa gestão financeira da empresa. Essas dificuldades passaram a ser reduzidas com o surgimento das fintechs. Elas chegaram para ficar e só têm a contribuir para o sucesso e crescimento do seu negócio!

Esse texto foi escrito em parceria com GFC – Gestão Financeira Criativa, que oferecem Educação Financeira pessoal e empreendedora e Gestão de Pequenos Negócios, de forma criativa, simplificada e eficaz.

ver tudo sobre: biz convida