10 abr 2019

Como conseguir uma melhor negociação com fornecedores?

Como conseguir uma melhor negociação com fornecedores?

Toda empresa deseja aumentar sua margem de lucro, contar com agilidade nos processos e servir seus clientes com bons produtos. E o que todos esses pontos têm em comum? Eles partem de uma boa negociação com fornecedores!

Ao negociar com os parceiros, você tem a oportunidade de obter descontos ou condições de pagamento facilitadas, ampliando a lucratividade e melhorando a gestão do capital de giro. Também consegue repor rapidamente itens do estoque e garantir que seus clientes sempre tenham à disposição produtos de qualidade, gerando mais satisfação e fidelização.

Então, como conseguir uma melhor negociação com fornecedores? Quais táticas costumam trazer resultados nesse sentido? É sobre isso que falaremos a partir de agora. Acompanhe!

Formalize seu negócio

Ter um CNPJ é requisito básico para lidar com os bons fornecedores. Isto é, aqueles que realmente são confiáveis e que têm potencial para serem seus parceiros de longo prazo. Por isso, formalize seu negócio e garanta que a empresa esteja dentro da lei. Isso dará mais segurança para qualquer companhia que queira negociar com você.

Saiba exatamente o que você quer

Em qualquer tipo de negociação, é preciso que você sempre tenha em mente até onde pode ir. Caso não tenha certeza do prazo de entrega, quantidade de mercadorias a comprar, datas limites para pagar, entre outras questões, você pode ficar sem argumentos. O despreparo nas horas de negociar faz com que o fornecedor consiga impor suas condições e que você tenha que aceitar o trato.

Para que você também colha benefícios das transações, demonstre que conhece bem suas reais necessidades e deixe claro o que deseja e o que não está disposto a comprar. Procure utilizar argumentos prontos, bem-estruturados e condizentes. Assim, quando pedir um desconto, por exemplo, será possível “persuadir” o fornecedor com boas justificativas para que ele venda por menos.

Defina sua estratégia previamente

Antes de pedir prazos maiores para pagamentos ou descontos nos produtos, pense qual estratégia é a melhor para o seu negócio. Uma possibilidade é conhecer e mirar no limite do outro. Ao permitir que o fornecedor abra uma negociação, ele fornecerá informações para que você entenda o cenário dele.

Outra boa estratégia é decidir o seu valor-alvo, focar nele e abrir uma negociação baseada impreterivelmente nisso. Cada uma dessas técnicas são meios diferentes de acordos, que dependem do contexto e da potência de cada uma das partes na mesa de negociação.

Tenha um plano B

Mesmo que você tenha suas estratégias, ficar nas mãos do fornecedor nas negociações pode ser péssimo para o seu negócio. Por isso, é recomendável que você sempre tenha um segundo plano caso não haja acordo com o que foi estipulado na primeira tentativa. Prepare outras opções focando no seu ponto de interesse e não na disputa de posição.

Ter à disposição uma segunda alternativa é parte de qualquer preparação no setor empresarial. Se existem diversas ofertas no mercado, a negociação fica mais vantajosa para ambos os lados. Por outro lado, se você não conta com um plano B, pode sair em uma posição desfavorável.

Pesquise

É bom partir do princípio de que sua empresa não possui vínculo permanente com os fornecedores. Assim, em situações em que não existem formas de criar um acordo entre o que você pode pagar e o que eles querem vender, vale a pena buscar outro parceiro que esteja disposto a propor uma melhor negociação.

Antes disso, é necessário avaliar se apenas o fornecedor atual vende a mercadoria que seu negócio precisa ou se existem outros fornecedores que podem suprir suas necessidades. Um novo fornecedor pode até mesmo contar com um leque de outros produtos que sejam do interesse da sua empresa, permitindo uma parceria que melhore o valor final do que foi adquirido.

Considere fazer contratos de longo prazo

Essa opção é especialmente vantajosa para negócios que necessitam de um item que venda com frequência e que não pode faltar no empreendimento.

Fechar um contrato de longo prazo passa segurança ao fornecedor e possibilita que os valores não sejam alterados com frequência caso haja variação dos preços do produto. Essa também é uma estratégia bastante eficiente para empresas que não querem perder o fornecedor para concorrentes do setor.

Construa um relacionamento próximo com seus fornecedores

Para todo empreendimento, é importante que o contato com os fornecedores seja amistoso e constante. Quanto maior a proximidade e a frequência das negociações entre as partes, maiores também serão as opções de flexibilização comercial — o que envolve questões de preços, prazos e quantidades.

Para isso, vale ser pragmático e visar benefícios mútuos. Nas negociações, é fundamental que os dois lados façam concessões para ambos tenham vantagens. Seja sempre sincero e tente unir interesses, sejam eles de preços, prazos de entrega ou outras questões da relação de fornecimento de produtos.

Tenha paciência

Empreendedores muito ávidos por fechar negócios podem passar a impressão de que se sujeitam totalmente aos termos contratuais dos parceiros. Por isso, muitas vezes, é bom demonstrar mais tranquilidade e até um interesse menor no ato da compra de algum produto. Essa estratégia permite que você pesquise o mercado com mais tempo e avalie se a proposta do fornecedor é mesmo a mais vantajosa disponível.

Da mesma forma, evite a ansiedade e deixe a emoção de lado. Nas situações em que os sentimentos tomam conta, aumentam consideravelmente os riscos de errar na negociação. Tenha em mente que esse processo deve ser racional. Com dados precisos em mãos, é mais tranquilo e fácil controlar a emoção na hora de negociar.

Aprimore sua gestão constantemente

Você sabia que existe um portal focado em micronegócios (MEIs e MEs), com soluções de acesso a crédito e saúde financeira? É o Serasa Empreendedor, uma plataforma 100% digital e gratuita.

Por meio dela, você pode consultar o seu Score Empreendedor e buscar crédito com as financeiras parceiras do site. Além disso, também pode realizar um  teste para descobrir o seu perfil empreendedor e, a partir daí, acessar conteúdos de capacitação exclusivos e personalizados.

Ao buscar conhecimento e soluções para aprimorar sua gestão e finanças empresariais constantemente, você ganha cada vez mais capacidade de negociar. Afinal, quando as contas da sua empresa estão equilibradas, seu negócio não fica refém dos fornecedores. Pelo contrário: ao investir em um bom gerenciamento dos recursos, você ganha margem de manobra para fechar negócios cada vez melhores!

Como vimos neste artigo, ao contrário do que muita gente pensa, a negociação com fornecedores começa muito antes dos orçamentos e das conversas. Ao formalizar o seu negócio e profissionalizar a gestão, você conquista mais credibilidade, aumentando drasticamente a capacidade de negociar.

Se você está considerando abrir uma MEI ou ME para obter um CNPJ e colocar seu negócio em dia, não deixe de ler este post: Como abrir uma MEI e ME: planejamento, documentação, valores e dúvidas.

ver tudo sobre: biz convida