22 jan 2021

Quanto custa fazer um site empresarial?

Quanto custa fazer um site empresarial?

Saber quanto custa fazer um site é fundamental para quem deseja se destacar em um mercado tão competitivo. Afinal, a presença digital é importante para criar uma relação mais próxima com a sua audiência. Porém, é importante adotar as práticas certas durante o processo de criação de uma página para a sua empresa e, assim, encontrar uma estratégia que se encaixe ao seu orçamento.

Antes de qualquer coisa, é preciso ter objetivos claros para a criação do seu site. A partir dessas respostas, fica muito fácil entender quais são os custos envolvidos para ter uma página que ofereça, por exemplo, uma experiência positiva para o usuário e, ao mesmo tempo, gere conversões. Por isso, abordaremos os seguintes tópicos ao longo deste artigo:

  • O que preciso definir antes de começar?
  • Quais profissionais devo contratar?
  • O que minha empresa precisa levar em consideração?
  • Quanto custa fazer um site?

Está preparado para esclarecer todas essas dúvidas e começar a fortalecer a presença online da sua marca? Continue a leitura deste texto e saiba o que deve ser levado em consideração. Confira!

O que preciso definir antes de começar?

De acordo com um estudo da TIC Domicílios, 70% da população brasileira está conectada à internet. Além disso, um relatório feito pelo Google mostra que 49% dos brasileiros vão priorizar as etapas digitais dentro da jornada de compra. Como, então, ignorar números tão expressivos?

Qualquer marca que deseja ter espaço no mercado precisa ter uma presença digital forte. E isso não significa apenas ter um perfil nas redes sociais com postagens sem planejamento ou um site que não pense na usabilidade e experiência do usuário. Esse é processo que exige organização.

Para que uma estratégia de Marketing Digital funcione, por exemplo, é importante contar com a estrutura mais completa possível. E isso passa diretamente pela construção de uma página que seja utilizada para atrair os consumidores e deixá-los confortáveis o suficiente para uma compra.

Mas, na prática, quanto custa fazer um site que atenda a essas necessidades? O primeiro passo, portanto, é começando com a definição do que vai ser feito na sua página. Qual é o propósito ao criar essa página? Ganhar dinheiro na internet? Então o que você precisa é de um e-commerce.

Leia mais: Como se preparar para as tendências de mercado em 2021

O objetivo é apenas fortalecer a sua marca e garantir que mais consumidores e clientes conheçam a sua empresa? Então você deve criar um site institucional, por exemplo. Na sequência, é preciso definir quais são as necessidades da sua página e, consequentemente, os investimentos exigidos.

Existem ferramentas gratuitas que podem fazer um site e até mesmo realizar vendas, como o WooCommerce. As funcionalidades não são tantas, porém, e ainda é preciso uma certa expertise para oferecer uma experiência positiva ao usuário. Essas respostas, portanto, já vão indicar quais são as suas principais necessidades para, em seguida, descobrir quanto custa fazer um site.

Quais profissionais devo contratar?

Para criar um site eficiente, é preciso contar com uma equipe capacitada. Afinal, por melhor que sejam os recursos oferecidos por uma plataforma gratuita ou paga, nem todo mundo tem a expertise para criar uma página de qualidade.

Antes de conferir cada função, é importante lembrar que a contratação pode ser feita por meio de freelancers ou mesmo uma agência especializada. Os dois métodos têm pontos positivos e também negativos e é necessário analisá-los com atenção antes de uma decisão final.

Uma agência, por exemplo, ofereceria um pacote mais completo e, consequentemente, mais caro, mas também um suporte e auxílio muito maiores. Por outro lado, trabalhar com freelancer resulta em uma economia, mas também exige mais por parte da sua empresa, que precisa saber exatamente o que deseja para pedir, cobrar e monitorar todas as etapas de criação.

Desenvolvedor

O desenvolvedor é o profissional dedicado a criar o site “nos bastidores”. Ou seja, é quem vai codificar a sua página, criar os códigos e atalhos necessários para que ela seja exibida como espera para os seus consumidores.

Designer

O designer vai ser o responsável por planejar o layout e design das suas páginas. Contar com um profissional que entenda de UX e UI design é um diferencial. Esse vai ser o responsável por criar um site intuitivo e que permita a melhor navegação possível ao usuário.

Marketing

Além dos profissionais acima, é importante contar com alguém que possa produzir os conteúdos que vão ser exibidos nas suas páginas. Alguém que domine o Marketing de Conteúdo, por exemplo, pode ser ideal para criar materiais cada vez mais atrativos e relevantes para a sua audiência.

Leia mais: Como usar empréstimo para investir em marketing

O que minha empresa precisa levar em consideração?

Como falamos anteriormente, a transformação digital facilita o acesso aos recursos necessários para a criação de um site. Por isso, é importante levar alguns fatores em consideração antes de definir qual caminho seguir. O orçamento disponível, portanto, tem um impacto considerável.

Além disso, é necessário considerar a expertise da sua equipe para a criação de um site. Afinal, não é uma tarefa simples criar uma página que atenda aos seus objetivos. Fazer um site empresarial por conta própria, portanto, deve ser uma decisão analisada até os últimos detalhes.

Afinal, as limitações das ferramentas gratuitas são muitas e isso pode impedir, por exemplo, que o seu negócio se desenvolva. Por isso, avalie quais são as suas metas a curto, médio e longo prazo antes de tomar uma decisão definitiva. Por mais caro que seja fazer um site, é melhor investir em um conteúdo de qualidade do que tentar, por conta própria, montar uma página pouco eficiente.

Quanto custa fazer um site?

Mas, na prática, quanto custa fazer um site de qualidade? Para você ter uma noção um pouco maior do que é preciso, detalhamos todos os custos para você não ter nenhum tipo de surpresa. Confira!

Contratação de pessoal

Como falamos acima, a contratação de pessoal é muito importante para garantir que não exista uma carga elevada de trabalho sobre profissionais que não são, necessariamente, especializados no assunto. Com quem entende do tema, se torna mais fácil otimizar os processos de criação do site.

Domínio

Para criar um site do zero, é necessário ter um domínio. Ou seja, um nome para a sua página, o endereço que vai ser utilizado para levar os usuários até a sua marca. Variando entre taxas anuais de R$ 40,00 e R$ 80,00, um bom domínio também faz a diferença para ter mais desempenho.

Hospedagem

Além do domínio, é preciso contar com um serviço de hospedagem. Por meio desse serviço que os usuários vão poder acessar as suas páginas. Essas plataformas também garantem uma maior proteção ao seu site e os dados da sua empresa e também dos consumidores.

Plataforma

Também é necessário contar com uma plataforma que permita o gerenciamento das páginas. Isso mesmo, uma ferramenta que possa centralizar tudo o que está relacionado ao site. É essencial que essa escolha priorize a qualidade, já que a solução vai ser utilizada diariamente pela sua equipe.

Suporte

Não adianta construir um site e passar por problemas rotineiramente, certo? Dessa forma, é preciso contar com uma equipe de suporte e manutenção das páginas. Esses profissionais também vão ajudar a refinar, ao longo do tempo, o desempenho do seu site em busca das metas estipuladas.

Com todas essas informações, se torna muito mais fácil criar uma página que seja eficiente para os seus metas. Ter a ideia de quanto custa fazer um site possibilita uma maior consciência do que pode ser feito para melhorar a experiência do usuário que entra em contato com a marca.

A boa notícia é que a transformação digital também facilita o trabalho de quem deseja criar um site com eficiência e sem muitos custos. Todos os processos podem ser otimizados com soluções e ferramentas. Descubra, então, como o Rock Stage está ajudando na criação de site para empresas!

ver tudo sobre: biz convida