31 jan 2020

5 passos para conseguir crédito para o meu negócio

5 passos para conseguir crédito para o meu negócio

Conseguir crédito para alavancar um negócio parece uma tarefa simples, mas quem é empreendedor sabe a dificuldade que é conseguir capital de giro para rodar bem uma empresa.

Até conquistar a maturidade financeira, uma empresa passa por muitas fases, boas e ruins. Mas o mais importante nesse processo é manter-se organizado, mesmo em tempos difíceis.

E para isso acontecer, você precisa conhecer bem os números da sua empresa.  

Chegar a maturidade financeira não quer dizer que você não precisará mais de crédito, que sua empresa vai possuir todo o capital necessário para se manter bem e ainda crescer. Ter capital de giro em caixa que seja suficiente para investimento e para sustentar as obrigações do dia a dia não é simples. A caminhada até lá é longa.

Isso quer dizer que você pode sim fazer uma ótima gestão da sua empresa, alcançando a sua maturidade, e usar empréstimos para ajudar nesse crescimento. Não há nenhum problema nisso, pelo contrário.

O ponto central aqui é a sua organização financeira. Conhecer bem os seus compromissos, entradas e saídas de dinheiro, lucros e prejuízos.

Assim, você vai conseguir planejar bem seu empréstimo e vai fazer com que ele ajude alavancar seu negócio.

O melhor tipo de crédito é aquele que ajuda no crescimento da empresa.

Vai impactar positivamente a saúde e a escala da empresa. Vai dar fôlego ao caixa. Vai fazer o negócio rodar com mais tranquilidade.

A pergunta para você é: o que a sua empresa precisa para crescer e conseguir crédito para isso?

Conseguir crédito se torna mais fácil se você é organizado. Parece tentador fazer tudo de cabeça ou anotar naquele caderninho que vem te acompanhando por tantos anos, mas um controle planilhado e bem feito faz toda a diferença.

Você vai conseguir avaliar corretamente as receitas e os gastos gerados com a operação. Com isso, evitar possíveis desgastes e prejuízos, como multas e juros desnecessários por atraso nos pagamentos.

Um bom gestor quer sempre reduzir as falhas e você como empreendedor deve ser o primeiro a dar esse exemplo. Tudo isso, para manter sua empresa financeiramente saudável!

Conseguir crédito passa por ter sua empresa analisada

Importante você saber que seu negócio vai passar por uma análise criteriosa de crédito e só depois disso que pode aprovada a entrega do capital. O objetivo de todo esse cuidado é evitar as altas inadimplências pela falta de condições de pagamento.

E para você não correr o risco de ter o acesso ao empréstimo negado, separamos algumas super dicas.

5 passos para você conseguir crédito para o seu negócio

1 – Tenha um objetivo bem definido para o seu empréstimo

Sua empresa precisa de novos equipamentos para conseguir atender as demandas? Precisa comprar estoque para não faltar nenhum produto para seus clientes? Precisa de capital de giro para manter o funcionamento saudável do caixa?

Esses são alguns dos exemplos que você pode colocar na sua listinha de definição de sucesso para a empresa. Se você não sabe aonde você quer chegar, então não vai conseguir se planejar para alcançar lugares altos.

Faça sua lista de motivos de crédito e não esqueça nenhum detalhe.

2 – Organize toda sua documentação para esse momento

Como já falamos, sua empresa vai ser analisada e provavelmente um analista de crédito vai entrar em contato com você para fazer algumas perguntas sobre o negócio e sobre os sócios.

Questões como “nome limpo”, situação fiscal regularizada, não ter dívidas, são fundamentais para o processo de avaliação do crédito.

Já tenha em mente que alguns documentos serão pedidos, então para estar tudo ok nesse momento, já se adiante e prepare tudo o que vai precisar.

Documentos da Empresa

  • Última alteração do contrato social (completo com assinaturas e carimbos da junta comercial) ou Requerimento de Empresário;
  • Comprovante de endereço da empresa. O comprovante deve estar no nome da empresa ou de um dos sócios;
  • Extratos bancários completos das contas da empresa dos últimos 90 dias.

Documentos do Dono da Empresa

Se você possui sócio(s), deve enviar os documentos de cada um.

  • Identidade;
  • CPF dos sócios;
  • Comprovante de renda (declaração completa do Imposto de Renda + recibo de entrega do Imposto de Renda);
  • Comprovante de residência.

Se você é casado(a) em comunhão de bens (total ou parcial), enviar as seguintes informações:

  • Nome completo do cônjuge
  • CPF do cônjuge
  • E-mail do cônjuge

3 – Separe as finanças pessoais das empresariais

Pode parecer clichê, mas sempre falamos aqui como essa decisão impacta diretamente o futuro de uma empresa. Para chegar até a maturidade financeira, você como gestor precisa olhar para sua empresa separadamente da pessoa física.

Não dá para misturar as contas do supermercado da família, com o salário dos funcionários. Sua empresa precisa ter uma vida independente da sua vida pessoal.

Outra medida super importante é ter uma conta bancária empresarial. Contamos com mais detalhes as vantagens dessa decisão para a empresa nesse post.

4 – Saiba exatamente o quanto você precisa

Não peça dinheiro por pedir. Conseguir crédito sem necessidade não é a melhor estratégia financeira para a sua empresa.

Tenha um valor certo e um destino planejado na hora de fazer seu pedido de empréstimo. Saiba exatamente o valor total que você precisa e, assim que receber o capital, dê a ele imediatamente o seu destino.

Lembre-se que você terá que pagá-lo, com juros, posteriormente. Então, seja objetivo na hora de pedir.

Além disso, com a análise de crédito, as instituições financeiras ou fintechs irão verificar a probabilidade da sua empresa conseguir pagar o valor solicitado, então, para aumentar as suas chances de conseguir crédito, peça o necessário para você.

5 – Pesquise outras opções além das conhecidas na hora de conseguir crédito

Quando se fala de empréstimo e financiamento, as opções mais tradicionais são sempre os grandes bancos comerciais, como o Banco do Brasil, a Caixa Econômica Federal, o Bradesco, e o Itaú, que são considerados pelo Banco Central como os principais bancos do Brasil e concentram 78,5% do mercado de crédito no país.

Mas as opções de crédito não estão restritas a eles, muito pelo contrário. Com o objetivo de desburocratizar o crédito, tornando-o mais acessível ao empreendedor, as fintechs, startups que oferecem soluções e serviços financeiros de forma fácil, ágil e inovadora, estão a todo vapor no mercado para ajudar esses empreendedores.

O processo de liberação de crédito pelas fintechs para pequenas empresas é totalmente digital e utiliza a tecnologia desenvolvida para avaliar o perfil do cliente e calcular o nível específico de risco, a partir de diversas fontes e dados que vão além do histórico de pagamentos de cada cliente.

Esse processo é mais rápido do que o de bancos tradicionais e permite uma taxa de juros mais baixa.

Por isso, o ideal é que você faça uma boa pesquisa na internet para escolher a melhor opção de crédito para a sua empresa.
A BizCapital, que é uma fintech de empréstimo para empresas, tem o propósito de ajudar pequenas e médias empresas a potencializarem seus negócios, dando acesso ao crédito de maneira rápida, segura, sem burocracia e sem garantias reais.


ver tudo sobre: guia de empréstimo