12 set 2018

O que é o ROI de uma empresa e como mensurá-lo?

O que é o ROI de uma empresa e como mensurá-lo?

O ROI é um dos principais indicadores de avaliação da performance econômica de projetos e de organizações como um todo. Saber calcula-lo ajuda na compreensão da qualidade da gestão da empresa.

A análise financeira de uma companhia se assemelha, em alguns pontos, à avaliação médica de um paciente. Assim como um médico dispõe de vários exames para dar seu diagnóstico, os gestores também o fazem, utilizando os indicadores.

Um dos principais indicadores usados na avaliação de empresas e projetos é o ROI. Essa métrica é utilizada para auferir a capacidade de uma empresa, projeto ou processo na geração de lucros. No caso, os resultados são avaliados em relação ao total de recursos investidos para o seu alcance.

Nos próximos tópicos deste artigo, explicaremos o que é o ROI de uma empresa, como calculá-lo e qual a sua importância para a gestão.

O conceito de ROI

A sigla ROI é a abreviação das palavras (Return on Investment), ou seja, retorno sobre o investimento. O conceito do ROI segue bem a tradução literal das palavras do inglês, ou seja, é o retorno auferido sobre um determinado montante de recursos aplicados.

O ROI é dado em termos percentuais, assim, ele representa o quanto do investimento inicial foi recuperado dentro do exercício. É possível calcular o ROI para projetos individuais e também para a empresa. 

No caso dos projetos individuais, avalia-se o quanto foi investido, sendo o recurso próprio ou de terceiros. Assim, se uma empresa decide comprar uma máquina, seu ROI será dado pelo retorno obtido dividido pelo seu custo total.

No Brasil, utiliza-se também o termo ROA (Retorno sobre os ativos), que na prática é semelhante ao ROI. Contudo, o ROA é utilizado apenas para análise de empresas inteiras, nunca de projetos individuais.

É importante não confundir ROI com ROE, apesar de a fonética das palavras ser semelhante. ROI diz respeito ao investimento total e ROE (Return on Equity), refere-se apenas ao capital investido pelos donos da companhia.

Já sabe como ter uma empresa com mais sustentabilidade financeira? Clique aqui e aprenda em outro post nosso.

Calculando o ROI de um determinado projeto

Para exemplificar o uso do ROI em projetos, vamos imaginar uma campanha de Marketing Digital. A empresa investirá em mídia paga e contratará profissionais para produzirem conteúdo para seus canais online. O ROI será o retorno obtido, dividido pelo total investido. Suponha que a tabela abaixo represente os custos do projeto dentro do exercício.

Investimento Marketing Digital – Exercício 2018
Gastos com mídia paga R$10.000,00
Gastos com produção de conteúdo R$20.000,00
Reformulação do site e redes sociais R$5.000,00
Total Investido no Exercício R$ 35.000,00

 

Agora digamos que o diretor financeiro da empresa queira saber qual foi o retorno sobre o total gasto. Ele pede ao gerente de marketing que traga o total de novos negócios captados através do Marketing Digital. Após pesquisar, o gestor devolve a seguinte planilha.

Negócios Fechados Através de Marketing Digital – Exercício 201x
Negócio A R$ 25.000,00
Negócio B R$8.000,00
Negócio C R$10.000,00
Negócio D R$15.000,00
Negócio E R$2.000,00
Negócio F R$5.000,00

 

Para obter o ROI, o diretor financeiro então cria uma tabela para verificar o quanto cada negócio trouxe de lucro. Assim ele pode saber o retorno total da campanha de Marketing.

Negócios Fechados Através de Marketing Digital – Exercício 201x
Negócio Valor Margem de Lucro Lucro
Negócio A R$ 25.000,00 10% R$2.500,00
Negócio B R$30.000,00 40% R$12.000,00
Negócio C R$10.000,00 20% R$2.000,00
Negócio D R$15.000,00 30% R$4.500,00
Negócio E R$20.000,00 50% R$10.000,00
Negócio F R$50.000,00 30% R$15.000,00
Total R$215.000,00 21,39% R$46.000,00

 

O lucro total obtido em todos os negócios foi de R$46.000,00 e o total investido foi de R$35.000,00. Logo, o ROI será dado por 46.000/35.000 = 131%, ou seja, tudo o que foi investido e mais 31% retornaram à empresa. Este é o ROI da operação, caberá ao gestor avaliar se ele está além ou aquém de suas expectativas.

Calculando o ROI da empresa como um todo

O ROI também poderá ser usado para verificar a performance da gestão de uma companhia como um todo. Para tal, será necessário fazer uso das demonstrações financeiras do exercício.

A primeira coisa que é necessário se ter em mente é que o ROI calcula o retorno do investimento total. Quando dizemos “investimento total” de uma empresa, estamos nos referindo ao capital próprio e de terceiros. Caso fosse avaliado o retorno apenas em função do capital próprio, seria utilizado o ROE e não ROI.

Imagine que uma empresa tenha apresentado as seguintes demonstrações (Balanço e DRE) para o ano de 201X.

Balanço Patrimonial – Exercício 201X
Ativo Passivo e Patrimônio Líquido
Disponibilidades 500,00 Contas a pagar 200,00
Estoques 2.000,00 Impostos a pagar 500,00
Duplicadas a receber 1.000,00 Passivo circulante 700,00
Ativo Circulante 3.500,00 Empréstimos de Longo P. 100.000,00
Imóveis 50.000,00 Dívidas judiciais 40.000,00
Máquinas 150.000,00 Passivo não circulante 140.000,00
Créditos de Longo P. 25.000,00 Reserva de Lucros 88.500,00
Ativo não circulante 225.000,00 Patrimônio Líquido 88.500,00
Total do Ativo 228.500,00 Total do Passivo e PL 228.500,00

 

Demonstração do Resultado do Exercício – 201X
Receita Bruta 400.000,00
Deduções e Impostos sobre Receita 100.000,00
Receita Líquida 300.000,00
Custo dos produtos vendidos 130.000,00
Resultado Bruto 170.000,00
Despesas Operacionais 70.000,00
EBTIDA 100.000,00
Depreciação 10.000,00
Lucro Antes de Juros e Imposto de Renda 90.000,00
Imposto de Renda 25.000,00
Despesas financeiras 20.000,00
Lucro Líquido 45.000,00

 

O investimento da empresa será representado pelo tamanho total do ativo. Fazemos desta maneira porque o ativo representa a soma dos recursos colocados na companhia pelos proprietários e também por terceiros. Como viemos no balanço, o ativo total é de R$228.500,00.

O Lucro líquido do período pode ser visto na última linha da DRE, R$45.000,00. Sendo assim, o ROI será dado por 45.000 / 228.500 = 19,7%.

Conclusão

A principal vantagem do ROI é o fato de ele permitir que a gestão da companhia seja avaliada como um todo. Assim, ele faz com que seja medida a quantidade de riqueza gerada por todos os ativos combinados. Já a sua desvantagem é o fato de não permitir calcular os efeitos da alavancagem financeira e também o risco dos projetos, devendo então ser avaliado em conjunto com outros índices.

 

E aí, gostou das dicas deste artigo? Nós, da BizCapital, estamos aqui para ajudar empresários que desejam ver o seu negócio decolar! Para conferir outras dicas sobre o mundo do empreendedorismo, siga as nossas redes sociais: Facebook, LinkedIn e Instagram.

Conheça melhor a nossa empresa pelo site www.bizcapital.com.br.

ver tudo sobre: guia de empréstimo